Saiba como estampar tecidos utilizando a técnica de sublimação


A tinta sublimática, quando exposta a altas temperaturas, é ativada e transforma-se em gás que, se estiver em contato com alguma superfície que o absorva, penetra nas fibras do tecido, voltando ao estado sólido, tingindo-o de forma permanente. Mesmo com lavagens posteriores e atritos da roupa, a qualidade da estampa continua a mesma, porque a tinta não sai.

Mas afinal, qual o tipo de tecido ideal para sublimação?

De forma geral, os tecidos compostos de fibras sintéticas (poliéster) podem ser utilizados para sublimação. Isso significa que, para um tecido ser estampado com qualidade e de forma permanente, deverá ter poliéster na sua composição.
Podemos classificar os tecidos para sublimação em três categorias, de acordo com o percentual de poliéster:

  • Malha PP – 100% poliéster (excelente)
  • Malha PV – 67% poliéster e 33% viscose (bom)
  • Malha PA – 50% poliéster e 50% algodão (imagem desbotada)

Quanto maior a porcentagem de poliéster, melhor a qualidade da estampa e maior a vivacidade das cores! Tecidos com menos quantidade de poliéster, terão um aspecto mais lavado.

Diferença entre transfer e sublimação

Embora seja bastante similar os processos de ambos, a diferença é que a tinta sublimática tinge o tecido ao invés de ficar sobre ele, como em um transfer comum.

Qual a melhor resolução da imagem para obtermos qualidade na sublimação?

O sucesso da sublimação está condicionado em sua três etapas: criação da arte, impressão, estampagem. Quanto maior for a resolução de uma imagem, melhor será o resultado obtido no produto final. Tem-se em regra que uma resolução ideal para impressão sublimática é 300 dpi.

Duas tecnologias para aplicar a sublimação em tecidos: digital e offset

  • Digital – com a evolução do mercado, tanto na moda como na comunicação visual, surgiu a necessidade de uma nova tecnologia de impressão para atender demandas exclusivas. Assim, essa técnica está ganhando cada vez mais popularidade. O papel (em folhas ou bobinas) é impresso em impressoras digitais de alta resolução. A tecnologia digital dispensa o uso de fotolitos, proporcionando mais viabilidade e economia à sublimação.
  • Offset – essa prática é bastante utilizada para impressões de grandes tiragens. Como exige a confecção de fotolitos e chapas de impressão, o custo de materiais impressos por essa técnica não é satisfatório para pequenas quantidades.

Onde utilizar a sublimação em tecidos

Sobre tecidos há uma diversidade de usos e combinações que podem ser feitas que garante um excelente resultado. A sublimação é excelente para a confecção de camisetas, abadás, linha de moda e surfwear, que sempre trazem estampas com características de clima tropical, estilos e cores vivas. Esses itens uma maior resistência e uma impressão à prova d’água. Vale lembrar que a sublimação é o único tipo de transferência de tinta em tecidos que suporta essas exigências.
Camisetas impressas por sublimação são ideais para confecções em curto período de tempo, o que proporciona aumento da produtividade e maior diversidade de cores. Este processo também é muito comum na fabricação de abadás, cuja camiseta é sublimada por inteira.

Sobre a Dharma Prints

Quem opta pela terceirização do processo de estampagem em tecidos por sublimação na Dharma Print tem a garantia de receber o produto com o máximo de qualidade, com imagens bem definidas e com maior fidelidade de cor. Além disso, dessa maneira pode contar com a nossa experiência profissional no assunto e equipamento de última geração para realizar o serviço. Atendemos a pedidos de pequenas quantidades e até à empresas que solicitam itens em grandes quantidades. Solicite um orçamento!]]>